Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Vereadores se reúnem para votar mais um Projeto de Lei, do Executivo Municipal, que solicita nova abertura de Crédito Adicional Especial.

Vereadores se reúnem para votar mais um Projeto de Lei, do Executivo Municipal, que solicita nova abertura de Crédito Adicional Especial.

por fla publicado 08/08/2019 09h50, última modificação 15/08/2019 09h27

Nesta segunda-feira (05), após analisado e lido o parecer das comissões de Finança e Orçamento e de Seguridade Social, os vereadores da Câmara de Floresta votaram o Projeto de Lei nº 36/2019, de autoria da prefeitura. Dos treze vereadores que fazem a Câmara, sete votaram contra a aprovação do pedido de Crédito Adicional Especial na importância de R$ 1.110.588,66 (um milhão, cento e dez mil e quinhentos e oitenta e oito reais e sessenta e seis centavos).

Votaram contra os vereadores Luizinho Pedreiro, Beijinha Puça, Murilo Almeida, Pedro Henrique Lira, Marcos Carvalho, Tiago Maniçoba e Kiel do Pipa. Votaram a favor os vereadores Talles Cruz, Chichico Ferraz, Bia Numeriano, André Ferraz e Gilberto Quirino.

Luizinho alegou que o veto foi uma forma de protestar pela má qualidade do serviço público no município.

Beijinha Puça justificou que desde o início do seu mandato foram vários pedidos de crédito adicional e que apesar de todos terem sido aprovados o prefeito alega que não consegue melhorias por conta dos vereadores que não deixam, além disso, o vereador questiona que apesar da aprovações não enxerga melhorias.

Murilo Almeida disse que acha fundamental a suplementação, mas que é preciso ter cuidado, pois o crédito adicional gera despesas que não foram previstas no orçamento, e que o veto era uma forma de preservar a integridade de legislar bem.

Já o vereador Chichico Ferraz, que votou a favor do projeto, usou a tribuna para explicar que os valores já estão orçados e que o projeto é para remanejar os valores de local para outro. Para o parlamentar, vetar é dizer que o prefeito não pode investir ou gastar em uma área que precisa mais.

Somente este ano, esse é o segundo pedido de crédito adicional do Poder Executivo. A primeira solicitação aconteceu no mês de janeiro, com a importância de R$ 629.855,00 que seria destinado a melhorias na área da saúde, e foi aprovada em Sessão no dia 11 de fevereiro do corrente ano.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

Mídias Sociais

Facebook Twitter Youtube Esta imagem é referenciada nos conteúdos do portal.

E-SIC e BANCO DE IDEIAS LEGISLATIVAS

« Dezembro 2019 »
month-12
Do Se Te Qu Qu Se Sa
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4